Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Ambiente
Escuteiros de Setúbal vão plantar sobreiros, carvalhos, medronheiros e pinheiros
ana maria santos
2018-02-19 / 12:23
FONTE: vidarural
Os escuteiros do distrito de Setúbal vão plantar várias espécies de árvores no âmbito da iniciativa do Corpo Nacional de Escutas, "Um Escuteiro, uma Árvore", inserido no projecto internacional "Trees for the World". Em Portugal a iniciativa é apoiada pela The Navigator Company.

O projecto prevê a plantação de uma árvore (sobreiro, carvalho, medronheiro e pinheiro-bravo) em diferentes locais do território nacional, levada a cabo pelos escuteiros. Albufeira, Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Évora, Lamego, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu são alguns dos locais onde as plantações vão ser levadas a cabo, por cerca de 70 agrupamentos de escuteiros.

O apoio da The Navigator Company materializa-se através da disponibilização e entrega de 4.800 árvores, das quatro espécies já mencionadas, bem como a disponibilização de informação, a cada escuteiro, sobre como se deve plantar uma árvore, em apenas quatro passos.

A entrega está a ser feita em dois momentos, o primeiro dos quais ocorreu no passado dia 16 de Fevereiro, e a segunda entrega de árvoreso irá ocorrer no dia 2 de Março. Cada escuteiro inscrito na iniciativa identificou previamente a espécie a plantar, bem como o respectivo local, na área de influência do seu agrupamento.

O envolvimento da The Navigator Company na iniciativa surge no âmbito do projecto "Protectores da Floresta", um projecto que tem como missão formar crianças e jovens, potenciando a sua consciência ecológica e a sua actuação responsável, tendo a protecção da floresta como foco.

Partilhe
ver mais