Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Ambiente
Moita: Exposição “Mar de Plástico” patente no Moinho de Maré de Alhos Vedros
ana maria santos
2018-11-19 / 23:12
FONTE: CMM
A Exposição "Mar de Plástico" está patente até 27 de Março de 2019, no Moinho de Maré, em Alhos Vedros, Moita. A mostra, inaugurada esta segunda-feira, aborda a problemática dos resíduos de plástico nos Oceanos e foi organizada pela campanha "Ocean Action" do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto.

Na inauguração, estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia, e os vereadores Viviana Nunes e Miguel Canudo, responsáveis, respectivamente, pelas áreas da educação e ambiente. Rui Garcia deu as boas vindas aos primeiros alunos que visitaram a exposição, a turma do 4º ano da Escola Básica nº 1 de Alhos Vedros, e referiu que esta "serve para mostrar, a todos, os problemas que o plástico pode provocar".

O autarca salientou que o plástico é usado muito mais do que é, na realidade, necessário e, muitas vezes, não é devidamente reencaminhado para a reciclagem e tratamento. Lembrou ainda, aos alunos, que o plástico é um material que demora muito tempo a desaparecer e incentivou-os a adoptar comportamentos que evitem a utilização do plástico e possibilitem a sua reutilização.

A exposição utiliza ferramentas de comunicação com forte impacto visual e sensorial para actrair a atenção dos visitantes, alternando painéis com informação em formato essencialmente gráfico, objectos artísticos e elementos multimédia. A entrada é feita através de um corredor de objectos de plástico por onde os visitantes têm que passar de forma a sentirem o efeito opressivo da acumulação do plástico no meio marinho.

Uma das áreas que mais atraiu a atenção dos alunos foi o "supermercado de plástico", constituído por uma infinidade de objectos de uso diário, recolhidos nas acções de limpeza de praias realizadas na referida campanha.

Há ainda zonas para visionamento de vídeos, jogos lúdico-pedagógicos e um espaço para exposição dos trabalhos premiados no concurso "Poluição do Oceano", organizado pela Campanha "Ocean Action" para escolas a nível nacional.

A mostra pode ser visitada pelo público em geral aos sábados, das 14.30 às 18 horas e, durante a semana, pelas escolas do concelho, mediante marcação.

Partilhe
ver mais