Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Cultura
Exposição de José Manuel Castanheira na Casa d’Avenida
ana maria santos
2018-03-05 / 23:37
FONTE: SMCI/CMS
Uma exposição de José Manuel Castanheira, com trabalhos que fazem uma retrospectiva dos 40 anos de carreira do cenógrafo, foi inaugurada no último sábado, com a presença do autor, na Casa d’Avenida, em Setúbal.

A mostra “Desenhar Nuvens, Manual de Sobrevivência de um Cenógrafo”, título de um livro de José Manuel Castanheira sobre a obra cenográfica, publicado em 2014, é composta por painéis para teatro, ópera, dança e cinema, acompanhados de textos que explicam em que consiste cada uma das peças, redigidos pelo autor.

A iniciativa, organizada pelo Teatro Estúdio Fontenova, pela Casa d’Avenida e pela Câmara Municipal de Setúbal, no âmbito das Comemorações do Dia Mundial do Teatro, teve início com uma apresentação da mostra conduzida pelo autor, no Café d’Casa, que esgotou por completo.

De seguida, foi exibida uma curta-metragem, da autoria de José Manuel Castanheira e Pedro Castanheira, sobre a obra cenográfica, que será apresentada no local todos os sábados, até 31 de Março, dia em que encerra a exposição.

Antes de o público visitar a exposição, houve ainda leituras de textos que acompanham as peças expostas, por Graziela Dias, Eduardo Pias e Maria Emília Castanheira, intercaladas por momentos musicais com Pedro Castanheira.

A mostra pode ser visitada, até 31 de Março, na Casa d’Avenida de terça-feira a domingo, das 11 às 18 horas.

Partilhe
ver mais