Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Cultura
Maio de 68 em debate na Casa do Largo
ana maria santos
2018-05-12 / 18:42
FONTE: Youtube
Setúbal assinala os 50 anos dos protestos estudantis do Maio de 68 com uma sessão a realizar no dia 16, na Casa do Largo, em Setúbal, que inclui um debate entre deputados e jovens.

“Sê jovem e cala-te!” designa a iniciativa, de entrada livre, que marca as comemorações do meio século dos protestos iniciados em Maio de 1968 por estudantes franceses, de luta por melhoria das condições de ensino, que resultou na maior greve geral na Europa, envolvendo também trabalhadores de diversos sectores.

A sessão, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, através do Gabinete da Juventude, começa às 19 horas com a exibição do filme “Depois de Maio”, de Olivier Assayas, de 2012, que retrata a história de um grupo de jovens nas semanas seguintes às manifestações.

Os acontecimentos do Maio de 68 e o filme apresentado servem de mote a um debate, com início às 21.30 horas, entre estudantes e os deputados Luís Monteiro, do Bloco de Esquerda, e Miguel Tiago, do Partido Comunista Português, que discute, cinquenta anos depois, as diferenças que se registam ao nível das reivindicações e necessidades dos jovens.

Partilhe
ver mais