Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Cultura
Setúbal: Marchas Populares 2018 recebem apoio monetário superior a 87 mil euros
ana maria santos
2018-03-23 / 00:07
FONTE: SMCI/CMS
A Câmara Municipal aprovou, em reunião pública, realizada esta semana, a atribuição de um apoio total de 87.500 euros às sete colectividades participantes no Concurso das Marchas Populares de Setúbal 2018.

Com a edição deste ano do Concurso das Marchas Populares de Setúbal já em curso, a autarquia salienta, no documento aprovado em reunião pública, que a organização daquela manifestação cultural da cidade tem sucesso garantido pelo “empenho, dedicação e entusiasmo”, das colectividades, “obrigando a um conjunto de investimentos técnicos, humanos e financeiros”, facto pelo qual a autarquia atribui um apoio financeiro para “garantir a manutenção dos índices de qualidade alcançados nos últimos anos”, sublinha a deliberação camarária.

Em 2018, de acordo com o regulamento em vigor, participam a concurso a União Desportiva e Recreativa das Pontes, o Núcleo Bicross de Setúbal, a Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bem-Vinda a Liberdade, o Grupo Desportivo Independente, o Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau, a Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense e o Grupo Desportivo Setubalense Os 13.

O valor total de 87.500 euros é distribuído em partes iguais por cada uma das sete entidades participantes, o que corresponde a 12.500 euros por colectividade, com o pagamento a ser repartido em quatro períodos.

Na primeira e na segunda tranches, entregues nos finais de Março e de Abril, são concedidos, em cada mês, 1.500 euros por entidade participante. No mês de Maio, cada colectividade recebe 4.900 euros e no início de Junho é atribuída a última verba, de 4.600 euros.

Partilhe
ver mais