Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Cultura
Setúbal: Projecto Gralha promove debates públicos
ana maria santos
2017-05-25 / 16:27
FONTE: SMCI/CMS
A Câmara Municipal e o Instituto Politécnico de Setúbal assinaram, ontem de manhã, um protocolo de colaboração através do qual vai ser realizado, até final de 2018, um ciclo de debates públicos, com temáticas de socioculturais, enriquecedoras para a população em geral e de interesse para a comunidade académica.

Após a assinatura do referido protocolo de colaboração, a presidente da Câmara Municipal de Setúbal salientou que aquela é uma parceria que tem como objectivo “enriquecer cultural, social e cientificamente os alunos e professores do IPS e todos os setubalenses, aproximando ainda mais o IPS do concelho e Setúbal do seu Politécnico”.

Por seu lado, Pedro Dominguinhos, presidente do IPS, sublinhou ser aquele compromisso “crucial para nós e um desafio para ambos, na medida em que temos de encontrar outros projectos que tragam mais estudantes para o centro da cidade.”

Igualmente ontem de manhã, após a assinatura do referido protocolo de cooperação, foi inaugurada, no átrio da Escola Superior de Educação do IPS, a exposição de fotografia da autoria de José Bandeira, intitulada “Nem Gregos, Nem Troianos”. A mesma fica patente até 24 de Junho.

No seguimento da cerimónia de assinatura do protocolo, foi inaugurada, ao final da manhã, no átrio da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, uma exposição de fotografia da autoria de José Bandeira, que fica patente até 24 de junho.

As sessões de debate e reflexão, inseridas no referido projecto, estão abertas a toda a população e irão abordar questões de natureza cultual, em torno de temas específicos e sempre com a presença de personalidades de reconhecido mérito em cada uma das matérias.

Denominado por Projecto Gralha, o ciclo de encontros tem início a 7 de Junho, no Auditório da Biblioteca Municipal de Setúbal onde, a partir das 17.30 horas, será abordada a questão “O Resto, o Sobrante… da Humanidade”, conferência que contará com a presença de Paulo Pedroso, sociólogo e coordenador do lançamento do Rendimento Mínimo Garantido, Rogério Roque, economista e Rui Marques, coordenador da Plataforma de Apoio aos Refugiados. O encontro será moderado por Manuel Augusto Araújo, da Câmara Municipal de Setúbal.

O ciclo de encontros prossegue a 20 de Setembro, com um debate a realizar no bairro da Bela Vista, a partir das 14.30 horas e sob o tema “O Resto, o Sobrante…da Arte - as aparas do processo criativo” e, os encontros de 2017 terminam a 15 de Dezembro, no Auditório Municipal Charlot, às 14.30 horas, com “O Resto, o Sobrante…do Orçamento”.

Para 2018 estão agendados mais quatro encontros, a realizar a 7 de Fevereiro, 25 de Maio, 8 de Outubro e 13 de Dezembro, em torno da ciência e da filosofia, das palavras/jornalismo, do ambiente e das cidades.

Partilhe
em destaque
Chama da Solidariedade foi entregue a Setúbal
Setúbal: Definidas regras de selecção ao acesso e atribuição de habitação municipal
Câmara de Setúbal assume gestão das praias da Arrábida
Cerca de 19 quilos de cocaína apreendidos no Montijo
ver mais