Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Desporto
Setúbal Especial Sprint 2018 juntou mais de cinco dezenas de pilotos
ana maria santos
2018-06-04 / 13:35
FONTE: SMCI/CMS
A terceira edição da Setúbal Especial Sprint levou adrenalina e emoções fortes, no sábado, à zona das Manteigadas, em Setúbal, num evento de automobilismo que juntou mais de cinco dezenas de pilotos em provas de velocidade e regularidade.

A competição, organizada pelo Clube de Motorismo de Setúbal, com o apoio da Câmara Municipal, começou às 10h00 com um período de reconhecimentos e o tradicional desfile dos clubes em competição, o qual arrancou aplausos ao público que começou a chegar ao Parque Sant'Iago, nas Manteigadas, logo pela manhã.

Já perto da hora de almoço foi altura para os participantes da prova de regularidade marcarem o tempo de referência, enquanto os pilotos da categoria sprint faziam um último treino.

Na vertente sprint, realizada com base nas regras habituais das superespeciais, em que o objetivo era ser o mais rápido possível na soma das duas passagens pelo percurso de 2800 metros desenhado nas Manteigadas, a vitória recaiu sobre Carlos Neves, ao volante de um Datsun 1200, com um tempo de 5m21,12s.

A luta pelo segundo posto envolveu vários concorrentes, com João Diogo Gonçalves a ser o mais forte no Mini Cooper S, ao bater Cristóvão Monteiro, ao volante de Opel 1904 SR, que ficou no terceiro posto.

Na categoria especial, que tinha uma classificação separada, Nélson Rocha, num Semog, foi o mais rápido do dia, com um tempo total de 5m03,64s, sendo que na primeira passagem fez 2m31,28s. António Estêvão e Júlio Rocha fecharam o pódio da categoria especial.

Já a prova de regularidade, que contou com a participação de 36 equipas, foi ganha por Rui Viana, num Porsche 944, o mais regular a cumprir por três vezes a especial de 2800 metros desenhada na zona das Manteigadas. O piloto conseguiu um total de 54,35 segundos, que representam a soma das três passagens convertidas à décima, mais a diferença entre a passagem de referência e as duas passagens de prova.

A luta foi muito equilibrada, pois Luís Gonçalves, num Toyota Corolla GT, ficou na segunda posição a escassos 0,03 segundos do primeiro. Ainda a menos de um segundo do vencedor ficou João Sarmento, com um Peugeot 106.

Nas mulheres, a vencedora foi Ana Seabra, num Citroën Visa. 

A Setúbal Especial Sprint incluiu, na sexta-feira, uma exposição de viaturas, verificações técnicas e uma partida simbólica, no Largo José Afonso.

A prova pontua para a CMS Cup, troféu criado pelo Clube de Motorismo de Setúbal que inclui ainda, a 22 e 23 de setembro, a 27.ª Rampa da Arrábida.

Por SMCI/CMS

Partilhe
ver mais