Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Economia
Setúbal vai ser cenário para a próxima novela da TVI
ana maria santos
2017-08-24 / 15:25
FONTE: Youtube
“Condição Humana” é o título da próxima novela da TVI, a ser transmitida em horário nobre e cuja acção decorre, principalmente, na cidade de Setúbal. A celebração do protoclo entre a Câmara Municipal de Setúbal e a produtora de televisão Plural Entertainment Portugal SA, foi aprovado ontem, em reunião pública.

A maior parte da acção de exteriores será filmada em várias pontos do centro histórico e da zona ribeirinha, previsivelmente o próximo mês de Setembro de 2017 e Abril de 2018.

Para a autarquia, a gravação desta telenovela “tem enorme interesse para a promoção e projecção da cidade e do concelho, graças à visibilidade televisiva nacional que a sua emissão diária, num dos principais canais generalistas, garantirá a Setúbal durante vários meses”.

A transmissão da novela em horário nobre, tal como já ficou demonstrado com “Mar Salgado”, exibida em 2015 na SIC, deve traduzir-se num “considerável retorno” para Setúbal em matéria de visitantes turísticos e de divulgação do nome da cidade.

O protocolo agora aprovado, por unanimidade, surgiu da necessidade de regular a relação de cooperação entre a Câmara Municipal e a produtora televisiva, com responsabilidades para ambas as entidades.

No âmbito daquele acordo, a autarquia confere à Plural Entertainment Portugal SA a “isenção de todas as taxas e demais permissões necessárias às operações de gravação de exteriores em espaços públicos e equipamentos municipais, nas áreas do concelho de Setúbal onde a Câmara Municipal de Setúbal tem efectiva jurisdição territorial”, prevendo a autarquia que a isenção de taxas a conferir à produtora televisiva seja de 35.940 euros.

O protocolo dita, por outro lado, à produtora de televisão o respeito “às tradições, costumes ou crenças da população do concelho de Setúbal, sem prejuízo da adequada caracterização sociológica para efeitos de ficção”.

Por seu lado, a Plural compromete-se a evocar as povoações e lugares pelo respectivo topónimo, bem como a incluir “elementos que visem a promoção turística do concelho”.

A Câmara Municipal disponibiliza-se a acompanhar as gravações, de forma a garantir o respeito e a observância dos termos dispostos, e a assegurar “a agilização dos procedimentos para a utilização de locais de gravação”, como praças, parques e jardins públicos, fachadas e interiores de edifícios que sejam propriedade municipal, e fachadas de edifícios particulares, desde que previamente autorizado pelos proprietários.

Partilhe
em destaque
Direcção dos Bombeiros de Águas de Moura agradece empenho dos seus operacionais
Elvira Fortunato distinguida com Prémio Czochralski 2017
Conselho de Ministros aprova Decreto-Lei relativo aos terrenos da Margueira
Homem detido por posse de mais de cinco mil doses de droga
ver mais