Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Economia
Socialistas de Setúbal preocupados com situação na Autoeuropa
ana maria santos
2017-09-01 / 20:29
FONTE: Youtube
A Federação Distrital de Setúbal do PS e os deputados eleitos pelo Partido Socialista no círculo eleitoral de Setúbal emitiram um comunicado no qual manifestam a sua preocupação pela situação vivida na Autoeuropa e apelam “à resolução de um conflito que não contribuiu para o clima de paz social e de estabilidade que sempre foi uma pedra angular do funcionamento de uma empresa que é fundamental para o sucesso da Economia portuguesa e que é, de longe, a maior empregadora do nosso distrito”.

No comunicado, ontem emitido, os socialistas do distrito de Setúbal salientam que a Autoeuropa e os seus trabalhadores “não podem , e sobretudo, não merecem, estar à mercê de quaisquer tentativas de instrumentalização política que acabam por colocar em risco o sucesso da empresa” e, por essa via, o emprego de muitos milhares de pessoas e consideram não ser “legítimo que se ponha à frente do verdadeiro interesse dos trabalhadores, das suas famílias, e do interesse nacional, quaisquer outros objectivos de natureza eminentemente político-partidários”.

A estrutura distrital do PS e os deputados do PS por Setúbal manifestam esperança de que a reunião prevista para a próxima semana entre a administração e os sindicatos, e a eleição, em Outubro, da nova comissão de trabalhadores, possam “contribuir para o regresso da estabilidade à empresa, a salvaguarda dos postos de trabalho e o seu anunciado reforço, no respeito pelos direitos dos trabalhadores, como é imagem de marca da Autoeuropa, sempre assinalada como um caso de sucesso, também nesse domínio”.

Lembramos que os trabalhadores da Autoeuropa realizaram, pela primeira vez desde o início de actividade da mesma, uma greve de rejeição aos horários laborais propostos pela empresa.

Para a próxima quinta-feira, dia 7 de Setembro, está agendada uma reunião entre a administração da Autoeuropa, o Sitesul (afecto à CGTP e o sindicato mais representativo dos trabalhadores) e a comissão sindical da maior empresa de fabrico de automóveis em Portugal.

Partilhe
em destaque
Direcção dos Bombeiros de Águas de Moura agradece empenho dos seus operacionais
Elvira Fortunato distinguida com Prémio Czochralski 2017
Conselho de Ministros aprova Decreto-Lei relativo aos terrenos da Margueira
Homem detido por posse de mais de cinco mil doses de droga
ver mais