Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Mundo
EUA: Agência de Proteção Ambiental proibida de dar informações
ana maria santos
2017-01-25 / 00:29
FONTE: Reuters
Mais uma vez os jornalistas na mira. A partir de hoje os funcionários da Agência de Protecção Ambiental dos EUA estão proibidos de prestar qualquer informação.

Segundo notícia divulgada, nas últimas horas, pela agência Lusa, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, “proibiu ontem os funcionários da Agência de Proteção Ambiental de darem informações à imprensa e fazerem atualizações nas redes sociais, depois de ter congelado os seus contratos e subvenções”.

“A nova administração da Agência de Proteção Ambiental pediu que todos os contratos e subvenções sejam temporariamente suspensos com efeito imediato. Até recebermos mais esclarecimentos, isso incluiu ordens de trabalho e atribuição de trabalho”, disse uma das diretoras da agência à imprensa.

Os funcionários foram proibidos de dar informações aos jornalistas e nas redes sociais.

Um memorando interno especifica que não haverá nenhum comunicado de imprensa, mensagens em blogues e os pedidos dos jornalistas são cuidadosamente analisados.

Em 2013, a agência assinou vários milhões de dólares em contratos e subvenções.

Relembramos que Donald Trump disse em várias ocasiões que as alterações climáticas são um “engano” e que o presidente assinou, ontem, as ordens executivas para relançar a construção dos polémicos projectos dos oleodutos de Keystone XL e Dakota Acess, apesar das críticas dos grupos ecologistas.

Partilhe
em destaque
Direcção dos Bombeiros de Águas de Moura agradece empenho dos seus operacionais
Elvira Fortunato distinguida com Prémio Czochralski 2017
Conselho de Ministros aprova Decreto-Lei relativo aos terrenos da Margueira
Homem detido por posse de mais de cinco mil doses de droga
ver mais