Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Política
Deputado do CDS-PP questiona Governo sobre a nova Unidade de Saúde de Azeitão
ana maria santos
2018-04-25 / 19:55
FONTE: DR
O deputado do CDS-PP, Nuno Magalhães, questionou o Ministro da Saúde sobre a construção da nova Unidade de Saúde de Azeitão, nomeadamente sobre a as medidas a tomar, com urgência, para a resolução dos problemas que afectam aquela Unidade de Saúde.

Nuno Magalhães questiona, desde logo, se o ministro tem conhecimento dos problemas que afectam a Unidade de Saúde de Azeitão, nomeadamente as condições exíguas ao seu funcionamento e a falta de médicos e outros profissionais de saúde, e “que medidas está o Ministério da Saúde a tomar no sentido de resolver, com a urgência necessária, os problemas que afectam aquela Unidade de Saúde”.

O deputado do CDS-PP questiona ainda se o ministro “tem conhecimento da cedência de um terreno, por parte da Câmara Municipal de Setúbal, para construção de uma nova Unidade”, se confirma que tanto a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo como a Administração Central do Sistema de Saúde já têm, “também, conhecimento da cedência e localização do referido terreno”, e que “procedimentos estão neste momento em falta para que possa ter início a construção da nova Unidade de Saúde de Azeitão”.

A Unidade de Saúde de Azeitão, integrada no Centro de Saúde Bonfim, do Agrupamento de Centros de Saúde Arrábida, funciona numa moradia adaptada, cujas instalações são diminutas, insuficientes e sem condições quer para os utentes quer para os profissionais de saúde. A Unidade serve uma população de cerca de 19 mil habitantes, sendo que destes cerca de sete mil não têm médico de família.

Desde há muito que tanto a população como os autarcas exigem a construção de um novo equipamento de saúde familiar, tendo a Câmara Municipal de Setúbal já cedido um terreno para a sua construção. A este propósito, no final de Março, a Assembleia Municipal de Setúbal aprovou uma moção na qual se refere que “a questão do terreno nunca foi obstáculo para a construção da nova unidade, faltando, no entanto, o acordo quer da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo quer da Administração Central do Sistema de Saúde”.

Recentemente foi, também, criada uma Petição pela construção de uma nova Unidade de Saúde Familiar em Azeitão.

O CDS-PP entende que os Cuidados de Saúde Primários são a “porta de entrada” para o Serviço Nacional de Saúde e entende que o Governo “tem de continuar a política de reforço nestes cuidados de saúde” e que os Cuidados de Saúde Primários “deverão assegurar a necessária proximidade junto das populações e proporcionar os actos inerentes às suas características, com qualidade e em tempo clínica e socialmente adequado”.

Partilhe
em destaque
Operação Baco: GNR registou mais de mil condutores com excesso de álcool
Apreensão de droga em Almada: Tribunal decreta prisão preventiva para dois dos detidos
Moita: Plano de Segurança da Água apresentado publicamente
Seixal: visita à Olaria Romana da Quinta do Rouxinol
ver mais