Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Política
PS apela ao compromisso na Autoeuropa
ana maria santos
2018-02-06 / 19:19
FONTE: Esquerda.net
A Federação Distrital do PS e os deputados eleitos pelo círculo de Setúbal dizem que os parlamentares “acreditam num compromisso justo entre os interesses do país, da região e da administração, sem prejuízo da dignidade laboral e qualidade de vida dos trabalhadores” da Autoeuropa.

Lembrando que a Autoeuropa é uma das mais relevantes empresas nacionais, quer pelo seu impacto nas exportações, quer pelo seu contributo para o crescimento da economia e do emprego em Portugal, aqueles eleitos do PS referem que, pela sua particular importância no tecido económico e social da região de Setúbal, “as oportunidades e obstáculos que conflituem com o seu normal funcionamento, ou com a definição do seu futuro, impõem a todos os interessados uma imensa responsabilidade na acção, na defesa do interesse nacional”.

Na nota de imprensa hoje divulgada, sublinham o facto de a Autoeuropa ser reconhecida, internacionalmente, “como um exemplo de estabilidade laboral, competitividade e flexibilidade na produção”, uma marca distintiva construída ao longo de décadas de bons resultados, “de um riquíssimo histórico de diálogo entre a administração e as estruturas representativas dos trabalhadores, materializada em sucessivos acordos de empresa que edificaram uma paz social de referência e colocaram esta unidade como um exemplo no grupo Volkswagen em todo o mundo”.

Neste quadro, prosseguem, “é com preocupação que os deputados do PS eleitos pelo círculo de Setúbal e a estrutura distrital do PS têm acompanhado as dificuldades de se alcançar um acordo laboral associado à introdução do novo modelo T-Roc”, lembrando que, no final do mês de Agosto, manifestaram-se publicamente  “apelando ao compromisso num clima de paz social. O facto é que, desde essa primeira tomada de posição,  são passados 6 meses sem que tenha sido encontrado consenso”.

Quanto ao futuro daquela unidade, os socialistas lembram que o mesmo “é demasiado importante para ser prejudicado ao estar à mercê de quaisquer tentativas de instrumentalização  que acabam por colocar em risco o sucesso da empresa e com ele consequências que ninguém deseja. Dissemo-lo em Agosto do ano passado, dizemo-lo agora”.

A Federação Distrital do PS e os deputados daquele partido, eleitos por  Setúbal, recorda ainda que da Autoeuropa “dependem milhares de postos de trabalho, centenas de empresas, directa e indirectamente, dependentes da sua saúde produtiva e, por consequência, a estabilidade do projecto de vida de milhares de famílias dos concelhos de Setúbal”, pelo que, aqueles parlamentares e dirigentes socialistas do distrito de Setúbal,  “apelam a todas as partes envolvidas que reconheçam as vantagens de que se alcance um rápido compromisso e que o mesmo seja pautado por equilíbrio e razoabilidade, tendo em vista a situação actual, mas sem perder de vista o médio e longo prazo que todos desejamos de sucesso”, rematando que O PS “não partilha de uma perspectiva conflitual entre capital e trabalho. Acreditamos que é possível um compromisso justo entre os interesses do país, da região e da administração, sem prejuízo da dignidade laboral e qualidade de vida dos seus trabalhadores”.

Partilhe
em destaque
Râguebi: Portugal-Suíça realiza-se amanhã em Setúbal
Chama da Solidariedade chegou ao concelho da Moita
IPS: Projecto Vocologia do Fado publica estudo científico na Create Space
Setúbal: rua Tenente Valadim fechada ao trânsito
ver mais