Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
Dois homens detidos pela PJ de Setúbal
ana maria santos
2017-03-03 / 19:20
FONTE: DR
Os homens, de 29 e 32 anos de idade, foram detidos, o mais novo, pelos crimes de ofensa à integridade física qualificada e detenção ilegal de arma de fogo e o mais velho, por detenção ilegal de arma.

Elementos do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal da Polícia Judiciária, detiveram um homem de 29 anos por fortes suspeitas de ter sido o autor dos disparos de caçadeira, efectuados na via pública em Novembro do ano passado, na área do Montijo, do qual resultaram ferimentos num homem de 34 anos, o qual ficou incapacitado para o trabalho durante um mês.

Segundo divulga a PJ em comunicado, através da investigação levada a cabo, foi possível localizar, identificar e deter, “fora de flagrante delito”, o homem de 29 anos sobre o qual recaem “fortes indícios da prática do crime qualificado de ofensa a integridade física e detenção ilegal de arma”.

O indivíduo terá efectuado dois disparos de caçadeira, “sem qualquer discussão ou aviso prévio”, na via pública e sobre a vítima, que sofreu ferimentos num pé. Na ocasião, o autor dos disparos colocou-se em fuga e refugiou-se em casa de familiares.

No entanto, a Polícia Judiciária, “na sequência de um conjunto de buscas domiciliárias visando a sua detenção”, acabou por proceder, igualmente, à detenção, em flagrante delito, “de um outro homem, de 32 anos de idade, por se encontrar na posse de uma caçadeira e de duas centenas de munições, incorrendo na prática do crime de detenção ilegal de arma”.

Os detidos, adianta a PJ, foram presentes às autoridades judiciárias competentes, “para os ulteriores trâmites do processo, realização do primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coacção processual tidas por adequadas”.

Partilhe
em destaque
Chama da Solidariedade foi entregue a Setúbal
Setúbal: Definidas regras de selecção ao acesso e atribuição de habitação municipal
Câmara de Setúbal assume gestão das praias da Arrábida
Cerca de 19 quilos de cocaína apreendidos no Montijo
ver mais