Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
Elvira Fortunato distinguida com Prémio Czochralski 2017
ana maria santos
2017-09-20 / 16:42
FONTE: DR
A professora Elvira Fortunato, investigadora na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, situada no Campus da Caparica, em Almada, foi hoje destinguida, em Varsóvia, com o Prémio Czochralski 2017, atribuído, pela primeira vez, a um investigador português.

A investigadora Elvira Fortunato, recentemente empossada no cargo de vice-reitora da Universidade Nova de Lisboa, recebeu hoje, em Varsóvia, Polónia, o prestigiado Prémio Czochralski, em cerimónia onde esteve presente o vereador António Matos, responsável pelo Pelouro da Educação, Cultura, Desporto e Juventude da Câmara Municipal de Almada

Atribuído pela Academia Polaca de Ciências, Sociedade Europeia de Investigação de Materiais, Sociedade Polaca de Ciência dos Materiais e Sociedade Polaca de Crescimento de Cristais, aquele prestigiado Prémio Europeu foi instituído, desde 2005, em homenagem ao químico polaco Jan Czochralski que criou o método de cultura de cristais de silício conhecido como «Processo Czochralski» que, constitui hoje a base da indústria electrónica moderna e nque destinguiu, no passado, diversos laureados com o Prémio Nobel. Este vano o mesmo foi atribuído, pela primeira vez, a um investigador português.

Com a atribuição daquele Prémio à directora do Centro de Investigação em Materiais da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, professora Elvira Fortunato, as Sociedades Científicas que atribuem o mesmo reconhecem o trabalho de investigação desenvolvido na área da Ciência dos Materiais Avançados.

Em nota de imprensa, a Câmara Municipal de Almada “saúda vivamente esta nova distinção internacional concedida à Investigadora e Insigne Cidadã Almadense Professora Elvira Fortunato”, sublinhando a “extraordinária importância e significado que o reconhecimento internacional da qualidade do trabalho desenvolvido pela equipa de investigação que, dirige e coordena, assume para o aprofundamento do conhecimento, do saber e do progresso da ciência, enquanto contributo de inestimável valor para a melhoria da qualidade de vida de todos os cidadãos”.

Partilhe
ver mais