Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
GNR deteve três homens por diversos crimes
ana maria santos
2019-04-04 / 12:25
FONTE: GNR
Três homens, com idades compreendidas entre os 29 e os 47 anos, foram detidos por militares do Comando Territorial de Setúbal da GNR, pelos crimes de furto qualificado e violência, viciação de tacógrafo e tráfico de estupefacientes.

A primeira das três detenções efectuadas pela GNR ocorreu no Laranjeiro, através de um mandado de detenção obtido na sequência de uma investigação, levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal do Montijo, após um assalto numa ourivesaria em Coina.

O referido assalto ocorreu no início do mês de Fevereiro, altura em que dois indivíduos, um dos quais de 29 anos foi agora detido, aproveitaram a distracção dos funcionários da ourivesaria para furtarem, de um expositor integrado no balcão de atendimento ao público, diversos artigos em ouro.

No entanto, no momento em que furtavam os artigos os indivíduos acabaram por ser surpreendidos pelos funcionários tendo, na fuga, agredido um dos empregados da loja que os tentou deter.

Iniciada a investigação pelos militares do Montijo, apurou-se que um dos dois indivíduos já havia sido detido por um outro tipo de crime e que se encontrava em prisão preventiva, tendo ainda sido possível identificar o outro indivíduo, o qual acabou agora detido, no Laranjeiro.

Após a detenção foi realizada uma busca domiciliária a casa do indivíduo onde foram apreendidas 24 doses de cocaína, uma balança de precisão digital, um telemóvel e dois dispositivos para desmagnetização, por infravermelhos, de sistemas de alarme utilizados em grandes superfícies comerciais.

O indivíduo agora detido, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, foi, ontem, presente no Tribunal Judicial do Barreiro onde lhe foi aplicada a medida de coacção de prisão preventiva.

De referir que a acção desenvolvida pela GNR contou com o apoio da Policia de Segurança Pública.

Homem detido em Grândola por viciação de tacógrafo

Entretanto, ontem, em Grândola, elementos do Destacamento Territorial daquele concelho detiveram um homem, de 47 anos, pelo crime de falsificação de notação técnica.

A detenção decorreu no decurso de uma acção de fiscalização rodoviária, altura em que os militares detectaram que o veículo que o homem conduzia, circulava com o tacógrafo viciado, estando a ser utilizado um equipamento magnético, o qual permitia adulterar os registos, levando, igualmente, à apreensão do veículo.

Em comunicado o Comando Territorial da GNR explica que o tacógrafo “é um aparelho de controlo, destinado a ser instalado a bordo dos veículos rodoviários para indicação, registo e memorização automática ou semiautomática de dados sobre a marcha desses veículos, assim como sobre tempos de condução e de repouso dos condutores”, podendo o mesmo ser analógicos ou digital, “equipando em regra os veículos pesados de mercadorias e de passageiros, não só em território nacional, mas também em todo o território regulado por acordos multilaterais do Espaço Económico Europeu”.

A GNR alerta ainda para a “gravidade destes ilícitos, em que a manipulação e viciação dos tacógrafos constitui uma prática de risco no ambiente rodoviário, resultando numa clara violação das regras de segurança, no que concerne ao controlo dos limites de tempo de condução, períodos mínimos de repouso para os condutores e do cumprimento dos limites de velocidade”.

Detido por tráfico de estupefacientes

Na última terça-feira, no Monte de Caparica, militares do Destacamento Territorial de Almada detiveram um homem, de 31 anos, por tráfico de estupefacientes.

Aquela detenção ocorreu durante uma acção de patrulhamento, altura em que o condutor de um veículo abordado pelos elementos da GNR demonstrou um comportamento suspeito, o que levou os militares a encontrar na sua posse 460 doses de haxixe, as quais foram apreendidas.

O individuo, já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime e tendo já cumprido uma pena de prisão efectiva por roubos com arma de fogo, ficou detido nas instalações da GNR e foi ontem, dia 3, presente no Tribunal Judicial de Almada, onde lhe foi aplicada a medida de coacção de apresentações bissemanais, no posto policial da sua área de residência.

Partilhe
ver mais