Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
Grândola: Allen Halloween ao vivo na próxima sexta-feira
ana maria santos
2018-10-08 / 12:10
FONTE: Sapo
Allen Halloween cantautor com um estilo único no panorama musical português, destacando-se pelo som interventivo, em que o rap e o rock resultam num retrato dos confrontos entre o ser humano e a realidade nas mais variadas esferas, apresenta-se em Grândola, na próxima sexta-feira, 12 de Outubro, para um espectáculo que começa às 22 horas, no Palco Bar do Parque de Feiras e Exposições.

O concerto insere-se no Encontro da Canção de Protesto “Sem Muros Nem Ameias” que decorre em Grândola de 11 a 14 de Outubro, um período dedicado à música de intervenção e de resistência promovido pelo Observatório da Canção de Protesto e criado em 2015 através de um acordo de parceria entre a Câmara Municipal de Grândola, a Associação José Afonso, o Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos em Música e Dança e o Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e a Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense.

A referida parceria tem como objectivo promover o estudo, salvaguarda e divulgação do património musical tangível e intangível da canção de protesto, produzido ao longo dos séc. XX e XXI, e da sua divulgação através da realização de iniciativas culturais diversas.

Queda e redenção são palavras que caracterizam a obra de  Allen Halloween com mais de 10 anos a fazer música urbana.

2016, Projecto Mary Witch. 2011,  Árvore Kriminal. 2015, Híbrido. Três discos, três clássicos da música de protesto, num estilo frio, rouco e cru.

Unplugeto, projecto minimalista com uma guitarra semi-acústica, que conta com inéditos, reinterpretações e ainda com uma versão de «Primeiro dia», de Sérgio Godinho, é o seu mais recente trabalho.

Allen Halloween actuou no Vodafone Mexefest e em muitos outros palcos, nomeadamente na Voz do Operário, onde participou, a par de JP Simões e B Fachada, num espectáculo de homenagem a José Afonso, a quem dedica uma música sua, «Cobradores de impostos».

Partilhe
ver mais