Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
Montijo comemora 33.º aniversário de elevação a cidade
ana maria santos
2018-08-07 / 10:49
FONTE: CMM
O Montijo celebra, a 14 de Agosto, o 33.º aniversário de elevação a cidade, com um programa de comemorações em que se destaca a entrega da Medalha de Ouro do Concelho à Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões e um concerto de Camané.

A Cerimónia de Entrega da Medalha de Ouro do Concelho de Montijo à Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões terá lugar no auditório da Galeria Municipal, às 17 horas, a que se segue às 18 horas, também na Galeria Municipal, a inauguração da exposição “Arqueologia: desenho científico e outras histórias” de Guida Casella e cuja mostra irá estar patente até 22 de Setembro.

A mesma é uma retrospectiva do percurso daquela artista plástica, residente no Montijo há 10 anos, e inclui ainda uma série de desenhos de grande dimensão em carvão vegetal, das ruínas industriais do Montijo, numa união entre o património local e a componente estética.

Para finalizar as comemorações do aniversário da cidade, Camané canta Marceneiro a partir das 21.30 horas, na Praça da República. A elevação da grande referência do fado na voz de Camané, num registo intemporal, com uma justa homenagem a Alfredo Marceneiro,  uma das suas maiores referências. Fado Cravo, Fado Bailado, entre tantos outros, fazem parte daquela homenagem, trazendo a sonoridade e a essência da raiz, tanto na música como nas próprias letras da época. Todas as partes envolvidas no projecto, acreditam que aquele trabalho será um marco na história do Fado.

Partilhe
ver mais