Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
Palmela: Festas Populares de Pinhal Novo inauguram a 7 de Junho
ana maria santos
2018-06-04 / 12:54
FONTE: CMP
A 22.ª edição das Festas Populares de Pinhal Novo, decorrem entre os dias 7 e 12 de Junho, com um vasto cartaz musical e várias acções de divulgação da gastronomia local, nomeadamente a Sopa Caramela.

Momento alto de afirmação da cultura caramela, de valorização da vocação agrícola e, também, ferroviária daquela freguesia, as Festas Populares de Pinhal Novo são uma  montra privilegiada do dinamismo cultural, desportivo, associativo e económico daquele que é o maior núcleo urbano do concelho de Palmela.

A gastronomia e, em particular, a Sopa Caramela, continuam a assumir um papel de peso naqueles dias de festa que, este ano,  contam com um extenso programa de animação, com música para todos os gostos, nos diversos palcos.

 João Pedro Pais, Jorge Naice, Jorge Fernando, Anselmo Ralph e Tributo a Queen, com os One Vision e a Banda da SFUA, são os nomes mais sonantes de um programa, onde se destaca, também, o desfile que marca o 20.º aniversário do Bardoada – Grupo do Sarrafo, com centenas de participantes, entre bombos, gaitas e gigantones.

A Manhã Sénior, no dia 8 de Junho, é uma novidade naquelas festas e, seguindo a tradição, decorre o Festival de Folclore, dia 9, o Piquenique Caramelo João Henrique e o 9.º Passeio das Pasteleiras, ambos a 10 de Junho.

As Festas Populares de Pinhal Novo contam com o apoio do município de Palmela que, este ano, disponibilizou 36 mil euros para a sia realização. Da verba atribuída, 14 mil euros foram destinados a actividade e 22 mil para comparticipação na contractualização de instalação da infraestrutura eléctrica. Para além do apoio financeiro, a autarquia de Palmela estima que o apoio logístico prestado rondará os 12.200 euros.

Partilhe
ver mais