Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
Palmela: Livro e exposição prestam homenagem a presos políticos
ana maria santos
2017-10-30 / 12:09
FONTE: Sapo
A Câmara Municipal de Palmela promove, a 4 de Novembro, às 16 horas, na Biblioteca Municipal de Palmela, o lançamento do livro “A PIDE em Pinhal Novo – Para que a memória não esmoreça”, da autoria de José António Cabrita. Na ocasião, será, também, inaugurada no Foyer do Auditório, uma exposição com o mesmo nome.

O  trabalho, uma parceria entre aquele município e José António Cabrita, constitui uma homenagem aos presos políticos de Pinhal Novo, vítimas, ao longo de 48 anos, dos horrores da ditadura fascista.

Segundo a autarquia de Palmela, é seu objectivo “dar continuidade ao estudo e divulgação do que foi o empenho, a dedicação e a abnegação de quem lutou e sofreu, em nome da justiça e dos direitos sociais e políticos e da melhoria das condições de vida”.

José António Cabrita estudou e ensinou Sociologia, tendo-se dedicado, também, à investigação de diversos temas, entre os quais, a cultura caramela e a historiografia de Pinhal Novo. O livro sobre a acção da PIDE explora o arquivo documental daquela polícia política e dá voz a vários testemunhos de quem passou pelas prisões do Tarrafal ou de Peniche, bem como dos seus familiares e amigos.

Quanto à exposição “A PIDE em Pinhal Novo – Para que a memória não esmoreça”, a mesma estará patente ao público até 30 de Novembro.

Partilhe
ver mais