Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Região
Palmela: obras na rede de abastecimento levam a cortes de água em Pinhal Novo
ana maria santos
2019-06-13 / 13:47
FONTE: CMP
As obras de ampliação e remodelação da rede de abastecimento de água, em várias artérias da zona norte de Pinhal Novo, implicam, a partir de dia 18 do corrente mês, várias perturbações no fornecimento à população.

As obras, iniciadas esta semana pela Câmara Municipal de Palmela, implicam vários cortes, ou redução de pressão, no abastecimento de água, a partir de dia 18 e até que as mesmas estejam finalizadas.

Dessa forma e a partir da data referida, nos dias úteis, entre as 9 e as 18 horas, será interrompido o fornecimento de água nas seguintes áreas: a norte da Linha da REFER (Linha do Alentejo), desde a Biblioteca Municipal de Pinhal Novo até à Lagoa da Palha (todas as ruas); parte da Alameda Alexandre Herculano, desde os Pinheirinhos até à rua de Angola: troço da rua Ferreira de Castro até à rua Avelina Pires Leitão; rua dos Lusíadas: rua João Posser de Andrade Vilar; rua Hermenegildo Capelo; rua D. João II; rua Bento de Jesus Caraça; rua dos Cravos Vermelhos: rua Jorge de Sena: rua Francisco António Bento: praceta Florbela Espanca; rua Vitorino Nemésio: rua Zeca Afonso; parte das ruas Álvaro Tavares e Alberto Valente; rua José Régio e artérias limítrofes; zona do Mercado Mensal e ruas adjacentes a este, incluindo o supermercado; rua do Pinhal da Salgueirinha, incluindo as portagens da A12; rua da Lagoa da Palha Velha e ETAR da SIMARSUL.

No dia seguinte, 19 de Junho, as artérias atingidas serão as seguintes: parte da Alameda Alexandre Herculano, desde os Pinheirinhos até à rua da Angola; troço da rua Ferreira de Castro até à rua Avelina Pires Leitão; rua dos Lusíadas; rua João Posser de Andrade Vilar; rua Hermenegildo Capelo; rua D. João II; rua Bento de Jesus Caraça; rua dos Cravos Vermelhos; rua Jorge de Sena; rua Francisco António Bento; praceta Florbela Espanca e rua Vitorino Nemésio.

Perante os constrangimentos motivados pela necessidade das obras, e de forma a evitar eventuais danos nas instalações ou habitações, a Câmara Municipal de Palmela aconselha os municípes a assegurarem-se de que todas as torneiras se encontram fechadas e que, em caso de qualquer pedido de esclarecimento, contactem o atendimento municipal, através do e-mail atendimento@cm-palmela.pt, ou o Serviço de Águas, das 8.30 às 22.30 horas, pelos telefones 212 336 679 ou 212 336 686. À medida que a situação evolua, será divulgada informação adicional sobre aquele assunto em www.cm-palmela.pt ou localmente.

De referir que aquela intervenção representa um investimento municipal de cerca de 52.500 euros e consiste na substituição e instalação de novas válvulas e acessórios em 43 locais da rede de distribuição.

Segundo a autarquia de Palmela, o objectivo é “melhorar a qualidade e a eficiência do abastecimento público de água à população, possibilitando um maior seccionamento da rede. Este seccionamento vai permitir que, no futuro, o corte de água atinja o menor número de utilizadoras/es possível, em intervenções de emergência ou programadas, e que estas passem a ser feitas mais rapidamente e com menos desperdício de água”.

Partilhe
ver mais