Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Saúde
Exposição solar: Sabe quais são os benefícios?
ana maria santos
2017-08-03 / 18:28
FONTE: Youtube
Desde que tomadas as devidas precauções, a exposição solar é uma prática benéfica para a saúde humana e recomendada no tratamento de algumas doenças, tais como a depressão e a produção de vitamina D.

Apanhar banhos de sol deixa qualquer pessoa mais bem disposta e animada, sendo esta a altura do ano em que mais se fala sobre os benefícios (e malefícios, quando em excesso) da exposição solar.

No entanto, pouco terão conhecimento do quanto o Sol é importante para a nossa saúde, nomeadamente no que diz respeito a estados de depressão, insónias, regulação hormonal, eliminação de toxinas, circulação sanguínea e produção de vitamina D.

Com efeito, o Sol ajuda a combater a depressão, estimula a sensação de bem-estar físico e psicológico e melhora o humor, para além de contribuírem para um melhor descanso nocturno, evitando as insónias.

Mas apanhar Sol, com as devidas medidas de protecção, ajuda ainda a regular as hormonas, diminuindo os sintomas pré-menstruais ou sintomas da menopausa e estimula a criatividade. Já no que refere às toxinas, a exposição solar melhora a função do fígado, ajudando na eliminação de toxinas que podem ser prejudiciais à saúde, ao mesmo tempo que aumenta a eficiência da circulação sanguínea.

No entanto, o maior benefício do Sol para o corpo humano e a contribuição para a produção de vitamina D, que tem uma função importante no organismo e que assume um papel essencial na capacidade de absorção de cálcio e de fósforo dos alimentos, logo é muito importante para os ossos, dentes e para a prevenção da osteoporose. Melhora ainda o sistema imunitário e é também importante a nível muscular e no equilíbrio, estimulando os receptores que melhoram as suas funções.

A insuficiência de vitamina D pode estar associada ao aumento de tumores malignos, doenças cardiovasculares, esclerose múltipla, artrite reumatóide e diabetes.

Hoje em dia, a carência de Vitamina D afecta mais de metade da população portuguesa e é considerado um problema de saúde pública.

Para manter os níveis de vitamina D altos, é suficiente a exposição solar nas mãos, face ou pernas, cerca de 20 minutos por dia. A Vitamina D pode também ser obtida através da ingestão de óleos de peixe e de produtos alimentares enriquecidos, como os produtos lácteos e pão.

No entanto, é importante não esquecer que apesar dos benefícios da exposição solar, existem riscos graves de radiação prejudiciais para a saúde. A quantidade de radiação UV pode exceder os limites, tornando os mecanismos de defesa ineficazes, provocando danos graves que podem ser fatais. As doenças mais frequentes provocadas pelo excesso de exposição são o cancro da pele, as cataratas e a redução da eficiência do sistema imunitário.

Partilhe
em destaque
Direcção dos Bombeiros de Águas de Moura agradece empenho dos seus operacionais
Elvira Fortunato distinguida com Prémio Czochralski 2017
Conselho de Ministros aprova Decreto-Lei relativo aos terrenos da Margueira
Homem detido por posse de mais de cinco mil doses de droga
ver mais