Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Saúde
Gripe: Unidades de Saúde de Setúbal com horário alargado
ana maria santos
2018-01-05 / 18:55
FONTE: Youtube
No âmbito do Plano de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas – Inverno 2017/2018, foram alargados os horários de atendimento em diversas unidades de cuidados de saúde primários (centros de saúde), de norte a sul do país, reforçando dessa forma a prestação de cuidados de saúde à população, nomeadamente, nos casos de doença aguda, como gripe e infecções respiratórias. A nível do distrito de Setúbal, os agrupamentos Almada/Seixal, Arco Ribeirinho e Arrábida vão garantir o atendimento aos utentes que dele necessitem.

Com a grande descida de temperaturas que irá ocorrer a partir de hoje e com o número de casos de gripe a aumentar, três Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) do distrito de Setúbal reforçaram o atendimento de forma a garantir a prestação de cuidados a um maior número de utentes.

Muito embora a epidemia de gripe tenha já atingido o país, a actividade gripal ainda não atingiu o pico o que se teme que venha a acontecer devido à brusca descida das temperaturas. Aliás, neste momento estão já internadas, nos cuidados intensivos, 15 pessoas, oito dos quais somente na última semana.

Por outro lado, a Direcção Geral de Saúde aconselha a população para que, aos primeiros sintomas de gripe (tosse, febre, mal-estar, dores de cabeça e musculares) recorra ao Centro de Atendimento do Serviço Nacional de Saúde, através do número 808 24 24 24, através do qual será encaminhado para o serviço de saúde mais adequado.

Em caso extremo de necessidade, em funcionamento vão estar o ACES Almada/Seixal, ambos nos dias úteis das 20 às 22 horas, sábados e domingos, das 10 às 17 horas; o ACES do Arco Ribeirinho, com atendimento no AC do Barreiro, extensão da Quinta da Lomba (dias úteis das 20 às 22 horas, sábados e domingos das 9 às 18 horas); o AC da Moita, extensão da Baixa da Banheira (dias úteis das 20 às 22 horas, sábados e domingos das 9 às 18 horas) e o AC de Alcochete (dias úteis das 20 às 22 horas, sábados e domingos das 15 às 18 horas).

Na área do ACES Arrábida, estarão em funcionamento os seguintes AC’s: UCSP Pinhal Novo, Praça da República (Setúbal, ambis diáriamente das 14 às 20 horas;  Azeitão, diáriamente das 14 às 19 horas; S. Sebastião, diáriamente das 14 às 20 horas, sábados e domingos das 10 às 20 horas; Sesimbra, dias úteis das 15 às 22 horas, sábados e domingos das 11 às 21 horas e Palmela aos sábados e domingos das 10 às 20 horas.

Recomendações gerais para a população

A Direcção Geral de Saúde alerta para o facto de que a exposição ao frio intenso, particularmente durante vários dias consecutivos, pode contribuir para a transmissão de doenças infeciosas do aparelho respiratório e provocar lesões relacionadas com o frio. O enregelamento e hipotermia entre outros problemas de saúde graves que podem obrigar a cuidados médicos de emergência, factos pelos quais recomenda o seguinte:

- Mantenha o corpo hidratado e quente;

- Mantenha-se protegido do frio;

- Mantenha a casa quente;

- Mantenha-se especialmente atento se tiver algum problema de saúde;

- Mantenha-se em contacto e atento aos outros.

Dentro de casa, mantenha a temperatura entre os 18ºC e os 21ºC; Se não conseguir aquecer todas as divisões da casa, tente manter a sala de estar quente durante o dia e aqueça o quarto antes de se ir deitar; Se utilizar lareiras, braseiras, salamandras ou equipamentos de aquecimento a gás mantenha a correta ventilação das divisões de forma a evitar a acumulação de gases nocivos à saúde, evitando os acidentes por monóxido de carbono que podem causar intoxicação ou morte.

Não utilize fogão a gás, forno ou fogareiro a carvão para aquecer a casa e não deve utilizar equipamentos de aquecimento de exterior em espaços interiores.

Evite dormir/descansar muito perto da fonte de calor; Apague ou desligue os sistemas de aquecimento antes de se deitar ou sair de casa, de forma a evitar fogos ou intoxicações; Promova uma boa circulação de ar, não fechando completamente as divisões da casa, mas evite as correntes de ar frio; Mantenha sob vigilância a utilização de botijas de água quente, para evitar o risco de queimadura.

Manter a pele hidratada, vestir várias peças de roupa, fazer várias refeições ao dia, dando preferência a sopas, chás e leite quente, são algumas das várias recomendações que devem ser consultadas na página da Direcção Geral de Saúde, em www.dgs.pt. Qualquer dúvida ligue para o SNS 24: 808 24 24 24.

Partilhe
ver mais