Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Sociedade
Actividade do último fim-de-semana: GNR apreende perto de 11 mil doses de droga
ana maria santos
2018-09-10 / 12:18
FONTE: Youtube
Um conjunto de operações, levadas a cabo pela GNR, entre os dias 8 e 9 de Setembro e em todo o território nacional, permitiram a detenção de 162 pessoas, em flagrante delito e, para além de outras apreensões, a de 10.858 doses de produto estupefaciente.

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua actividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 8 e 9 de Setembro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras,.

No decorrer das mesmas, a GNR deteve 162 pessoas, em flagrante delito, das quais 96 por condução sob o efeito do álcool, 25 por condução sem habilitação legal, 13 por tráfico de estupefacientes, quatro por ofensas à integridade física, três por violência doméstica, dois por roubo e outros dois por posse de arma proibida.

Nessa sequência, doram apreendidas 10.404 doses de heroína, 438 doses de haxixe, 16 doses de cocaína, três armas brancas, dez viaturas e 410 quilos de bivalves.

No que refere à fiscalização rodoviária, o excesso de velocidade e a condução sob o efeito de álcool continuam a ser as infracções registadas em maior número.

Com efeito, das 1.694 infracções detectadas, 594 foram por excessos de velocidade, 265 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 96 por falta de inspecção periódica obrigatória, 93 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 77 por falta, ou incorrecta, utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 40 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 35 por falta de seguro de responsabilidade civil e 23 relacionadas com tacógrafos.

Partilhe
ver mais