Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Emprego Saúde Ambiente Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Sociedade
Auditório Municipal Charlot: Violência Interpessoal ao Longo do Ciclo de Vida abordada em seminário
ana maria santos
2019-06-07 / 15:48
FONTE: Youtube
O fenómeno da violência em relações interpessoais na infância, na adolescência, na idade adulta e na velhice vai estar em análise num seminário a realizar no dia 14 do corrente mês, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, em Setúbal.

Organizado pelo Centro Hospitalar de Setúbal, com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, o encontro “A Violência Interpessoal ao Longo da Vida” tem início agendado para as 9 horas e junta especialistas dos sectores da saúde, da segurança social, da justiça e da educação.

“Infância e Adolescência – Violência by proxy/por procuração” é o título do primeiro painel, que conta com intervenções de Carla Burguete e Cláudia Silva, psicólogas da Escola Profissional Cristóvão Colombo e da Escola Básica e Secundária Lima de Freitas, respectivamente.

Aquele painel, com início às 9 horas, prossegue com alocuções de Olga Cordeiro, pedopsiquiatra do Centro Hospitalar de Setúbal, e de Fátima Duarte, psicopedagoga da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens. A moderação é de Carmo Carnot, coordenadora conselheira do Grupo de Implementação do Plano de Igualdade de Género do CHS – Centro Hospitalar de Setúbal.

A sessão de abertura do seminário, às 10.15 horas, de entrada gratuita mediante inscrição até dia 11 pelo telefone 265 549 572 ou pelo endereço de correio eletrónico joana.fernandes@chs.min-saude.pt, inclui a participação da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, para além de intervenções do coordenador regional da Acção de Saúde sobre Género, Violência e Ciclo de Vida, Vasco Prazeres, do presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Setúbal, Manuel Roque, da enfermeira directora do CHS, Carla Mendes, e da coordenadora da Equipa de Prevenção da Violência no Adulto daquele centro hospitalar, Rosa Piteira.

Segue-se, às 11.15 horas, “Infância e Adolescência – Violência no Namoro”, moderado pelo coordenador nacional da Acção de Saúde sobre Género, Violência e Ciclo de Vida, Vasco Prazeres e alocuções de Célia Alverca, psicóloga da Escola Básica e Secundária Lima de Freitas, de Catarina Luísa, médica ginecologista do CHS, e de Sónia Ventura, vice-presidente da Associação para o Planeamento da Família de Lisboa.

Da parte da tarde, às 14 horas, o encontro prossegue com o painel “Adultos e Idosos – Violência Doméstica e Saúde Mental”, a cargo de Mauro Paulino, do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, de Andreia Baptista, do Ministério Público, e de Balbina Silva, do gabinete de Setúbal da APAV.

Depois daquele painel, com moderação de Elizabete Brasil, da União de Mulheres Alternativa e Resposta, o seminário reserva ainda “Negligência e Abandono da Pessoa Idosa”, temática apresentada por Sérgio Deodato, jurista e investigador de direito em saúde.

Com início agendado para as 15.45 horas, este último painel conta com a moderação da directora do Centro Distrital de Setúbal do Instituto de Segurança Social, Natividade Coelho, e participações dos médicos Vítor Augusto e Liliana Moreno, bem como da enfermeira Ilda Roque, do Centro Hospitalar de Setúbal.

O encerramento do encontro está a cargo da coordenadora regional da Administração Regional de Saúde e Vale do Tejo na Acção de Saúde sobre Género, Violência e Ciclo de Vida, Luísa Horta e Costa.

Partilhe
ver mais