Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Sociedade
Seis dezenas de estudantes participam no Parlamento dos Jovens Secundário
ana maria santos
2018-03-13 / 16:01
FONTE: SMCI/CMS
A igualdade de género centra as atenções na sessão do círculo eleitoral de Setúbal do Parlamento dos Jovens Secundário, com seis dezenas de estudantes a debater, hoje, na Casa do Largo, recomendações para a construção de uma sociedade mais justa.

O Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República, organizada em colaboração com o Ministério da Educação e o Instituto Português da Juventude, com o objectivo de promover a educação para a cidadania e o interesse dos jovens pela participação cívica e pelo debate de temas da actualidade.

“Igualdade de Género – um debate para tod@s” dá tema à edição 2017/2018 da iniciativa que começa nas escolas e que, depois da realização de sessões distritais, como a de hoje em Setúbal, culmina num encontro nacional em que os participantes defendem as suas ideias na Assembleia da República.

Na sessão de abertura do encontro, o vereador da Juventude na Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, destacou a importância da iniciativa. “Este é um tema actual e que importa debater, através de novos olhares e perspectivas, com vista à construção de uma sociedade mais justa e equitativa.”

Para o cumprimento desse objectivo, o autarca defendeu a ideia de que a transformação e o desenvolvimento das sociedades começa agora e não no futuro. “Cada um de vós é o presente e, nesse sentido, as ideias diferenciadoras que hoje aqui apresentam são fundamentais para esse ímpeto.”

Sandra Cunha, deputada da Assembleia da República eleita pelo Bloco de Esquerda, vincou a pertinência da temática que gera a discussão e o debate do Parlamento dos Jovens Secundário deste ano. “É um assunto na ordem do dia e crucial para se conseguir chegar a uma sociedade igualitária.”

A parlamentar reforçou que o tema em análise é relevante à escala mundial. “A luta travada pela igualdade de género é global e feita nas mais variadas esferas de intervenção das sociedades.”

Já o delegado regional de educação de Lisboa e Vale do Tejo, Francisco Neves, sublinhou que as ideias transmitidas pelos jovens naquela iniciativa, que apresenta “um tema estruturante”, constituem “um importante contributo para que se consolide a vertente democrática”.

Para a directora regional do Instituto Português da Juventude, Eduarda Marques, o Parlamento dos Jovens é “um exemplo de boas práticas de cidadania” e uma oportunidade “para debater questões e desfazer preconceitos e desigualdades que ainda imperam”.

Na sessão do círculo eleitoral de Setúbal do Parlamento dos Jovens, ainda a decorrer, com representantes de perto de duas dezenas de escolas, é aprovada uma recomendação pelo distrito a apresentar na Assembleia da República e são eleitos os deputados que participam nesse encontro.

A sessão nacional do Parlamento dos Jovens, a decorrer na Assembleia da República, está agendada para 14 e 15 de Maio, sendo o primeiro dia dedicado a reuniões de comissões e o segundo à realização da sessão plenária na qual é aprovada a recomendação final sobre “Igualdade de Género”.

Partilhe
ver mais