Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Sociedade
Setúbal: Janeiras assinaladas com actuação de grupos corais e Concerto de Ano Novo
ana maria santos
2019-01-03 / 23:44
FONTE: SMCI/CMS
A tradição volta a cumprir-se com a actuação de vários grupos corais, nos Paços do Concelho, que, a partir daquele espaço municipal, dão as boas vindas ao novo ano. Mesmo que em antecipação, uma vez que Dia de Reis se assinala a 6 de Janeiro, a autarquia sadina assinala a data com um concerto, amanhã, às 21 horas, pela Orquestra Metropolitana de Lisboa, a decorrer no Fórum Municipal Luísa Todi. Pelo distrito, outras manifestações tradicionais se cumprem.

Os membros do executivo municipal serão brindados com os tradicionais cânticos das janeiras num espectáculo musical de boas-vindas ao ano novo, com início às 18 horas, de amanhã, nos Paços do Concelho, que irá contar com as participações dos grupos corais alentejanos Os Amigos do Independente e Os Amigos dos Sadinos, ambos do concelho de Setúbal.


A referida sessão de boas vindas ao novo ano, aberta ao público, inclui, igualmente, as actuações do Grupo de Cantares da Associação de Socorros Mútuos Setubalense e do Coro do Município Afina Setúbal.

Jigualmente amanhã, às 21 horas, a Orquestra Metropolitana de Lisboa actua, no Fórum Municipal Luísa Todi, num concerto de ano novo com reportório constituído por obras da família Strauss, de Carl Otto Nicolai e de Dmitri Schostakovich.

Com condução do maestro Evgeny Bushkov, o “Concerto de Ano Novo: Delírios, Valsas, Galopes e Outros Sortilégios Musicais” propõe uma viagem musical por obras conhecidas dos vários compositores da família Strauss, nomeadamente polcas, marchas, valsas e aberturas de ópera.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa interpreta, igualmente, a introdução orquestral da ópera “As Alegres Comadres de Windsor”, de Carl Otto Nicolai, e ainda três peças extraídas de filmes e bailados, escritas por Dmitri Schostakovich.

Reis Magos visitam o concelho de Sesimbra

Entretanto, pelo distrito, no concelho de Sesimbra, no dia 6 de janeiro, domingo, os três Reis Magos do Oriente, Belchior, Baltazar e Gaspar, regressam aquele concelho para assinalar o dia em que, guiados por uma estrela, visitaram o Menino Jesus, e lhe ofereceram ouro, incenso e mirra.

Tal como tem sido habitual nos últimos anos, vão passar pelas três freguesias do concelho montados nos seus dromedários e fazer as delícias dos mais novos. As comemorações têm início, às 10.30 horas, no Parque da Vila, na Quinta do Conde, depois prosseguem, às 14.30 horas, pelo Parque Augusto Pólvora, na Maçã, e terminam, às 17 horas, na Fortaleza de Santiago, na vila de Sesimbra.

Nos três momentos referidos, irão também ouvir-se as Janeiras, cantadas pelo Grupo Coral A Voz do Alentejo.

Almada: Festa de encerramento no Solar dos Zagallos

Em Almada já se cantam as Janeira e estão previstos cerca de 25 concertos, espalhados por todo o concelho, destacando-se a festa de encerramento, na noite de sábado, 5 de janeiro, às 20.30 horas, no Solar dos Zagallos.

Na festa de encerramento irão participar 30 grupos, que irão actuando à medida que forem chegando aquela casa apalaçada do século XVIII, na Sobreda.

Aquela tradição é assegurada por dezenas de grupos corais, etnográficos e tunas do concelho, que depois de cantarem as Janeiras um pouco por todo o concelho, se reúnem no Solar dos Zagallos, para uma grande festa intergeracional.

Daquela tradição faazem parte os seguintes grupos: anTUNiA – Tuna de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa;  ARPITUNIA da ARPILF - Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos das Freguesias de Laranjeiro e Feijó; Associação Cultural do Rancho Folclórico de Vale Flores; Associação Grupo Coral e Etnográfico Amigos do Alentejo do Feijó; Associação Gerações Sorriso; Cantadeiras de Essência Alentejana; COMTRADIÇÕES – Música Tradicional Portuguesa; Coro Académico Egas Moniz, CAEM;   Coro Litúrgico da Igreja Matriz do Monte de Caparica; Coro Polifónico do Clube do Sargento da Armada; Coro Polifónico da Sociedade Filarmónica Incrível Almadense; Coro Polifónico da USALMA – Universidade Sénior do Concelho de Almada; Grupos de Cantares Alentejano Recordar a Mocidade do CIR; Cavaquinhos da Sociedade Filarmónica Incrível Almadense; Coral Ars Musica; Coral da Associação de Socorros Mútuos 1.º de Dezembro; Coral da Casa do Pessoal da IP – Infraestruturas de Portugal; Coral do Clube de Campismo do Concelho de Almada; Coral Notas Soltas do Vitória Clube Quintinhas; Danças e Cantares do Clube Recreativo de Vale Flores; Danças e Cantares dos Professores de Almada; Danças e Cantares do Soito da Ruiva; Grupo Etnográfico da Cova da Piedade; Grupo de Violas e Cavaquinhos da UNICA - Universidade Intergeracional do Concelho de Almada; Oficina de Música Tradicional da Academia de Música de Almada;  Peixinhos da Horta – Grupo de Música Tradicional Portuguesa da Associação Cultural e Desportiva da Quinta do Bau-Bau; TKM - Universidade Sénior D Sancho; TunaMaria – Tuna Feminina da FCT-UNL; Tuna Sol e Dó do Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro; T´UNICA - Tuna da Universidade Intergeracional do Concelho de Almada.

Partilhe
ver mais