Secções

Opinião Sociedade Economia Política Região Turismo Cultura Desporto País Especiais Emprego Tecnologia Saúde Ambiente Inovação Internacional Cartaz Directório Mundo Entrevista Exclusivo Editorial

Directório

Adicionar Entidade 

Sobre

Termos e Condições Privacidade e Cookies Acordo Ortográfico Regras da Comunidade Ficha Técnica Estatuto Editorial Contactos

Siga-nos

Facebook Twitter
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Pesquisar
GAZETA SETUBALENSE
A informação na hora certa.
Sociedade
Setúbal: Luto municipal pelo falecimento de D. Manuel Martins
ana maria santos
2017-09-25 / 11:09
FONTE: SMCI/CMS
A Câmara Municipal de Setúbal decretou dois dias de luto municipal, hoje e amanhã, pelo falecimento de D. Manuel Martins.

“O bispo de Setúbal D. Manuel Martins fica para sempre na memória de todos os setubalenses e de todos os portugueses como o homem justo que sempre soube de que lado deveria estar: do lado dos mais desfavorecidos, do lado daqueles por quem sempre lutou, por quem sempre levantou a voz e por quem sempre estava disposto a sacrificar-se”, assinala a presidente da Câmara Municipal de Setúbal.

Maria das Dores Meira acentua que “o ‘bispo vermelho’, como foi chamado, esteve sempre no lado certo da história” e que será recordado “pela sua lucidez, humanismo, sentido de justiça e sentido de humor”.

A autarca endereça à família e à Igreja portuguesa sentidos pêsames e participa hoje no velório do bispo emérito de Setúbal, falecido ontem, aos 90 anos.

Entretanto, também a Comissão Coordenadora Concelhia do Bloco de Esquerda fez chegar à redacção da Gazeta Setubalense uma nota de imprensa na qual lamenta o falecimento do  Bispo Emérito de Setúbal.

Na mesma, o BE salienta que D. Manuel Martins, “identificando-se de forma humilde como gente de Setúbal”, fica para os setubalenses “como o rosto de alguém capaz de usar a sua influência social junto do poder vigente para defender os mais oprimidos  e carenciados, na denúncia da fome e da pobreza que assolou a nossa região na grave crise social dos anos 80”.

Para o Bloco de Esquerda de Setúbal, “fica a memória de alguém que pela sua consciência social, sempre juntou a sua voz aos dos mais oprimidos e necessitados deste concelho, na luta pela erradicação da pobreza e desigualdades sociais, que ainda hoje atravessam o nosso país”.


Missa de 7.º Dia realiza-se na Sé de Setúbal


O corpo de D. Manuel está em câmara ardente no Mosteiro de Leça do Balio, onde serão celebradas, amanhã, 26 de Setembro, às 15 horas, as exéquias fúnebres.

A missa de sétimo dia irá realizar-se no domingo,1 de Outubro, pelas 16 horas, na Sé de Setúbal.

Partilhe
ver mais